Brasil Colônia (1500-1822)

De 22 de abril de 1500, quando a esquadra comandada por Pedro Álvares Cabral chegou ao Brasil, até a Independência, em 7 de setembro de 1822, nosso País era considerado colônia portuguesa. Isso significa que tudo o que aqui existia pertencia a Portugal.

Nesse período de formação da sociedade brasileira, fomos catequizados pelos jesuítas, que nos legaram nossa base religiosa. Na política, nosso território passou por uma primeira divisão com a criação das Capitanias Hereditárias, que, fracassada, obrigou a Coroa Portuguesa a instaurar a forma de um Governo Geral. Holandeses, franceses e ingleses tentaram invadir nossas terras, mas foram retidos pelos portugueses.

Na economia, o Brasil começou como fornecedor de pau-brasil à Europa, usado principalmente para tingir tecidos. Depois, passou a ser um grande produtor de cana-de-açúcar, o que exigiu considerável quantidade de mão-de-obra barata favorecendo a escravidão (primeiramente de índios e, mais tarde, de negros vindos da África). Quando o açúcar entrou em decadência, nossas terras foram desbravadas pelos bandeirantes e portugueses, que passaram a explorar o ouro encontrado em abundância nas terras das Minas Gerais.

Ciclo do Pau Brasil
Índios, Bandeirantes e Jesuitas
Ciclo do Açucar
Casa Grande e Senzala
Sub Ciclo da Pecuária
Saga e Lenda dos Pampas
Ciclo do Ouro
O Ouro das Gerais